Não se resumindo a derrota da presidência da câmara, os Leitoas me aparecem com mais essa

Timon, Leitoas, capivaras e rede

    
Não é de hoje que eu acho Timon peculiar, os nomes emblemáticos políticos da região cocais merecem ser tema de meu novo projeto de sátiras e contos deste blog. Timon me encanta desde moradores que madrugam em frente a câmara municipal esperando o secretário de limpeza para sabatina-lo, até ex prefeito, pai do atual, cantando Belchior. 

Cada dia que se passa eu fico mais surpreso com a singularidade das coisas, Chico Leitoa parece querer me fazer um meme, hora pois. Belchior certa vez sumiu dos holofotes, dos seus amigos e familiares, posteriormente depois de algum tempo voltou. Eu com meus dons de profeta palpiteiro... tenho uma certa previsão de que até o meio do próximo ano no máximo, o filho do ex prefeito cantor retorne as evidências e palanques. Ainda não se sabe se ele também cantará e ecoará clássicos em cima dos palanques, a não ser aquela frase clichê; "peço seu apoio". Certamente Lulu (O prefeito, carinhosamente chamo-o assim.) voltará às TVs blogs e jornais para eleger alguém de seu grupo. 

Sinto dizer, mas devo ter passado erroneamente uma imagem de político de poucos amigos, não é bem assim não meus caros, embora ele tenha sofrido derrota na eleição da câmara de Timon, ele tem fieis companheiros, militância e líderes, é, devo ressaltar isso. Infelizmente são a minoria, e minoria em grupo nunca é bom, quase matematicamente falando, minoria e maioria gera resultados, este por sinal, negativo. Sem câmara, com rede, cidade suja, segundo "Chumbo Grosso" SUJA, ainda temos um quadro favorável caso a oposição não se una, mas isso é tema para outro "causo".
                                 -Rogerinho Desidério