Blog do João Victor Oliveira

O melhor conteúdo local

17 de março de 2017

O Primeiro Tombo de Guardiola

Desde que começou como treinador, Guardiola jamais tinha deixado de estar nas semifinais da Liga dos Campeões da Europa. Aconteceu neste ano e com justiça para quem se classificou. Na condição de jornalista e também de admirador, acompanho os trabalhos de Pep desde o início. Não lembro de ter visto um só jogo de Barcelona ou Bayern de Munique sob o comando do treinador espanhol em que o time ficasse um tempo inteiro sem chutar no gol. Foi assim contra o Monaco, derrota e eliminação inglesa. Só na segunda etapa e por 25 minutos o Manchester City lembrou seus melhores momentos, criou cinco chances de gol e converteu uma só. Tomou gol de bola parada, simplesinho e inaceitável para o padrão de um candidato a título da Liga.

Visivelmente, o time do City ainda não tem os jogadores capazes de atuar no padrão Guardiola. Fernandinho de primeiro volante para uma saída de bola mais certa, por exemplo, é menos. Os laterais são menos. Pep errou com Yayá Touré no banco no Principado. O mérito maior foi dos franceses. Mais eles se classificaram do que os ingleses se eliminaram. Porém, como Guardiola é caríssimo e revolucionário no conceito de não negociar no jogo ofensivo, o Pau Pereira já começou a pegar em cima do técnico espanhol. É seu primeiro momento de turbulência profunda. Nos outros, parou nas semifinais da Liga, o que é bem razoável. Sair nas oitavas de final, combinemos, traz a crítica na mesma proporção. Guardiola precisará de uma serenidade pouco testada até aqui em sua carreira para resistir à pancadaria e responder com faixa no peito.
Fonte: Globoesporte.com
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Postagens mais visitadas

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *