Blog do João Victor Oliveira

O melhor conteúdo local

18 de maio de 2017

'Não renunciarei', afirma Temer ao falar de denúncia da JBS em pronunciamento


"Não renunciarei. Repito: não renunciarei. Sei o que fiz e sei a correção dos meu atos. Exijo investigação plena e que dê muito rápido esclarecimentos ao povo brasileiro. Essa situação de dubiedade não pode existir por muito tempo", declarou nesta quinta-feira (18).

Caso renunciasse ao cargo de presidente da República, o peemedebista perderia a prerrogativa de ser investigado pelo STF(Supremo Tribunal Federal).
Ele disse também que não agiu para comprar o silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) em referência à denúncia de um donos da JBS. ""Não comprei o silêncio de ninguém, porque não temo nenhuma delação premiada."


Em discurso rápido no Palácio do Planalto, Temer afirmou que não tem "nada a esconder" e que não precisa de foro privilegiado.
Ele ressaltou os índices econômicos em recuperação para dizer que não se pode "jogar no lixo" todo o trabalho feito pelo seu governo no país.


Folha de São Paulo
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Postagens mais visitadas

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *