Vereador repudia ação desrespeitosa de Defensor Público - Blog do João Victor Oliveira

Últimas Notícias - Plantão

6 de março de 2018

Vereador repudia ação desrespeitosa de Defensor Público

Vereador Bilú (PSB) em discurso na sessão. 
Na manhã desta terça-feira (06) na sessão da Câmara de Matões, o vereador Bilú (PSB) usando a tribuna pela primeira vez, durante cinco anos, trouxe à Casa relatos de repúdio. Segundo ele, o mesmo dirigiu-se até a Defensoria Pública da cidade, levando um senhor de idade, que passa por problemas com o filho usuário de drogas que precisa de internação imediata. 

O vereador revelou que levou o pai do jovem com a intenção de ajudá-lo, e o defensor afirmou que o parlamentar estaria ajudando para fazer política. 

“Eu chegando até à Defensoria, fui recebido e aguardava o atendimento acompanhado do pai do rapaz. Quando fomos até a sala do defensor, Jordão Veras de Azevedo, relatei para o mesmo o caso que se passa o jovem e o sofrimento da família. E ele (defensor), virou para mim e disse que para o pai dirigir até a Defensoria não precisa vereador vir até aqui não”, relatou.

O parlamentar indignado com a falta de educação e respeito do defensor, revelou que o mesmo não estaria lá como vereador e, sim, como ser humano. 

“Dr. quem está aqui não é o vereador, eu vim aqui como um ser humano que convivo isso na minha família e preciso ajudar quem passa pelos mesmos problemas, pois não é fácil! Ele está com três anos que tentava resolver o problema  do filho e não conseguia, porque ele não tinha informação de como resolver”, questionou.

O parlamentar ainda indignado com a falta de respeito do Defensor Público, irá levar o problema ao setor responsável e denunciar o mesmo. “Eu venho aqui pedir o apoio da Câmara, para mandarmos um ofício, para a Ouvidoria”, finalizou uma parte.

Finalizando a sua fala, o parlamentar destacou que não precisa chegar e dizer que é vereador para ter privilégios, revelou que sua função é ajudar seja lá qual for a maneira.

“Eu nunca tinha me sentido tão humilhado igual eu fiquei no momento. De forma alguma uso alguma repartição afirmando que sou vereador ou que tenho condições, nunca precisei disso, pois todos me conhecem. Gosto de chegar na casa das pessoas e de fazer um serviço, procurando ser prestativo. A minha função é essa, eu vou ao interior, asso uma carne, ajudo um amigo e nunca me escondi de problemas. Sempre estou à disposição da população. Agora eu fico observando, quantas pessoas são humilhadas no dia a dia na sala desse cidadão. Pois eu que ainda represento um pouco e tenho poder como vereador, quis me humilhar, imagina um cidadão como esse que precisa da entidade”, finalizou o vereador em tom de desabafo.  

O presidente da Casa deu total apoio para o vereador e dará todo suporte para denunciar o Defensor Público do Município, Jordão Veras de Azevedo, pela falta de respeito com a população.

Postagens mais visitadas

Pages